FotoMochileiros

Rajastão, Índia

2

O Rajastão talvez seja a região mais conhecida da Índia. Senhores de longas barbas brancas com turbantes na cabeça, mulheres com lindos vestidos de véus coloridos (chamados saris), vacas andando tranquilamente entre uma confusão de carros, motos e gente – algumas das imagens mais divulgadas da Índia são nada além das visões mais comuns nas ruas do Rajastão.

Tudo isso, com uma pitada da alegria do povo indiano, e outra da rica cultura hinduísta, tornam o local um destino fantástico para fotógrafos. A região é bastante conhecida no ocidente através das lentes de um dos maiores fotógrafos do mundo (e um dos nossos favoritos): Steve McCurry – que, apesar de ser norte-americano, carrega até no nome a paixão pelo tempero indiano, hehe (nota: a Tati gostaria de esclarecer que essa piada sem graça é coisa do Guto :p).

Apesar de ser um lugar com ruas sujas, clima seco e diversas vezes hostil de tantas maneiras, o Rajastão é sem dúvidas muito agradável para os fotógrafos. As cores, a cultura, o povo de lá foram muito generosos com nossas câmeras.

 

0vermelho_marked

 

1guys_marked

 

Na cidade de Pushkar presenciamos um evento fantástico, que ocorre anualmente: a maior feira de camelos do mundo! São quilômetros e quilômetros de camelos em exposição. Pessoas de diversos países visitam o evento para negociar os animais, e outras tantas apenas para ver uma das festividades mais curiosas da Índia.

Como em toda boa feira de animais, existem diversas atrações para entreter o público: concurso de beleza de camelos, demonstrações circenses, jogos amistosos entre locais e estrangeiros, além de cerimônias religiosas. Estar lá foi uma experiência sensacional!

 

3camelo_marked

 

2corda_marked

 

As cerimônias religiosas, sempre com flores e luzes, tomam lugar no lago sagrado da cidade.

As cerimônias religiosas, sempre com flores e luzes, tomam lugar no lago sagrado da cidade.

7lago2_marked

 

A religião predominante na Índia é o hinduísmo, e isso sem dúvida tem grande influência na cultura e no cotidiano locais. É muito comum ver pessoas com pequenos sinais, símbolo de oração, pintados na testa, além de flores e incensos dispostos próximos a locais sagrados. Festivais religiosos, como o Diwali, são frequentes e muito celebrados, e a arquitetura dos templos é de tirar o fôlego. Isso sem falar nos nossos amigos bovinos, que também são sagrados, e andam, param, fazem suas necessidades e o que mais quiserem livremente pelas ruas.

 

4vacagalera_marked

 

5naraha_marked

 

Mas vacas parando o trânsito pra poder comer o mato do outro lado da rua é só uma das coisas impressionantes no dia-a-dia do Rajastão. Durante nossa jornada passamos por muitos caminhos, pessoas, lojas, e tantas outras cenas interessantes para nossas fotos.

 

10feira_marked

 

"Em casa de ferreiro o espeto é de pau"

“Em casa de ferreiro o espeto é de pau”

12barba_marked

 

13shop-janela_marked

 

14bus jaipur2_marked

 

15vaca sari_marked

 

Passamos a maior parte da nossa estadia desbravando as cidades, descobrindo cada vez coisas novas e malucas. Mas também tivemos tempo para algum entretenimento. Em Jaipur fomos ao maior cinema da cidade assistir a um filme bollywoodiano. Parecia um show: no início levantam-se as cortinas para revelar a telona, e durante a exibição a plateia ri, chora, aplaude, se emociona com a história. Divertidíssimo! Em Pushkar milagrosamente conseguimos assistir a uma partida de futebol (com direito a vaca no meio do campo e tudo).

 

Saguão do cinema Raj Mandir, "A Pérola do Rajastão"

Saguão do cinema Raj Mandir, “A Pérola do Rajastão”

9futebol_marked

 

Tivemos algum contato com indianos mais jovens, e não pudemos deixar de notar que são bastante vaidosos. Além dos saris, das belas maquiagens e joias das mulheres, muitas se enfeitam com floridas tatuagens de hena nas mãos e braços. Os garotos não vão tão longe, mas estão quase sempre com alguns botões da camisa abertos e o bigode ajeitado, na maior pinta de galã indiano.

 

Será que essa moda pega no Brasil?

Será que essa moda pega no Brasil?

18galas_marked

 

Falando em Bollywood e em galãs, nós mesmos tivemos a chance de sermos astros de cinema na Índia! Sim! Chegando em Udaipur fomos convidados para participar como figurantes em um filme que estava sendo rodado na cidade. É claro que aceitamos! Não rendeu muito dinheiro, mas foi divertido. 🙂

 

bollywood_marked

 

Udaipur foi nossa última parada no Rajastão. Daqui partimos para a mística Rishkesh! Logo mais tem post novo e zen. Namastê!

 

tati_marked

2 Comentários / Comments

  1. Jean Bilobran

    Tenho uma coisa a dizer sobre a nota entre parênteses no início do post: bela piada, Guto!

    Ah! Belo post tbm! =)

    Responder
  2. Thatiana

    Gente, por favor continuem postando sempre!!!

    Estou me divertindo e amando as fotos!
    Quero saber o nome do filmeee e mais detalhes da experiencia! haha

    beijos

    Responder

Envie seu comentário!