FotoMochileiros

Ilha do Mel, Brasil

2

Enquanto a grande viagem não chega, vamos postando fotos de lugares próximos de onde moramos. Já apresentamos nossa cidade, Curitiba, e agora é a vez da Ilha do Mel – uma ilha paradisíaca que está a apenas 130km daqui.

Nossa última visita à Ilha nos rendeu belas imagens, e uma história maluca – que vamos contar agora.

Ilha-www_fotomochileiros_com_br-8

A Ilha do Mel fica no litoral do estado do Paraná, sul do Brasil. Possui duas praias principais onde os turistas costumam se hospedar. Uma delas é essa aqui: Encantadas.

 

Ilha-www_fotomochileiros_com_br-9

A praia possui esse nome por conta da Gruta das Encantadas, que localiza-se ali. Reza a lenda que a gruta é habitada por sereias.

 

Ilha-www_fotomochileiros_com_br-3

E as sereias, vocês sabem, costumam encantar os pescadores – e com isso causam acidentes e naufrágios. Até encontramos por lá esse barco abandonado, para comprovar o mito.

 

Ilha-www_fotomochileiros_com_br-2

Bom, a Ilha não é um paraíso só por conta do mar, da natureza e dos seres mitológicos. Outra coisa sensacional é o fato de lá ser proibido o tráfego de carros e motos. Os deslocamentos são feitos de barco, bicicleta, ou a pé.

 

Ilha-www_fotomochileiros_com_br-6

Pois bem, aqui começa nossa pequena história. No meio da tarde decidirmos ir a Brasília, a outra praia principal da Ilha. Além das praias serem relativamente distantes, o trajeto entre as duas é complicado de se fazer a pé. Achamos mais fácil ir pelo mar. Tomamos um barco.

 

Ilha-www_fotomochileiros_com_br-7

Acabamos vendo o pôr-do-sol em Brasília, e depois ficamos entretidos com a noite estrelada. O problema é que não sabíamos que depois das 20h não haviam mais barcos partindo de Brasília a Encantadas. E, pra piorar a situação, àquela hora a maré bloqueava a trilha entre as praias. Ou seja, estavamos sem acesso ao nosso albergue e a todas as nossas coisas, que ficaram em Encantadas.

 

Ilha-www_fotomochileiros_com_br-4

A melhor saída seria arranjar uma pousada em Encantadas, e de manhã voltar para nosso albergue. Porém era alta temporada na Ilha, e todos os lugares estavam lotados. Além disso, como bons mochileiros, estávamos quase sem dinheiro. Passamos alguns momentos sem saber o que fazer. Dormir ao relento? Arriscar-se na trilha de volta? Passar a noite acordados?

Logo encontramos uma solução. Não a melhor, mas resolveu nossos problemas: uma pousada bem roots e bem barata. Era só dar uma rápida olhada pra entender por que quase ninguém estava hospedado ali: o lugar era sujo e mal cuidado. A própria dona pediu para olharmos o quarto antes de termos certeza de que iríamos ficar. Mas àquela hora não tínhamos mais opção. Dormimos num quarto cheio de gatos e ventiladores velhos, sem falar no colchão e paredes fininhos, fininhos.

Mas tudo bem. Além da história hoje render boas risadas, ficar por ali nos garantiu boas imagens. Por exemplo aquele detalhe da pousada, ali em cima.

 

Ilha-www_fotomochileiros_com_br

Pudemos ver o nascer do sol no Farol das Conchas, que fica perto de Brasília.

 

Ilha-www_fotomochileiros_com_br-5

E conhecemos o Israel (filho da dona da pousada) e o Luciano, que são pescadores e parceiros de barco. Eles nos prometeram um longo passeio em seu barco de pesca da próxima vez que formos à Ilha do Mel. Esperamos voltar logo, para cobrar a promessa.

2 Comentários / Comments

  1. Marianne

    Lindíssima a foto das estrelas!
    Mais uma foto que combina com a minha casa e do Theo! ahahhaha
    #fikdik ahahhahahahaha

    Responder
  2. Caio

    olá, gostei bastante das fotos, e com certeza essa história rendeu mesmo uma aventura e boas risadas!! parabens!!

    Responder

Envie seu comentário!